Após ser anunciada nesta semana como atração principal do “Manchester Pride Live”, festival para celebrar o orgulho LGBTQ+, Ariana Grande recebeu algumas críticas pela internet. Um usuário do Twitter acusou a cantora de explorar a comunidade gay, por conta de ser hétero, e por, supostamente, ter feito os ingressos dobrarem de valor. Mas nesta quarta-feira (27), Ari publicou uma grande nota em suas redes sociais e explicou o porquê de ter aceito o convite.

“A comunidade LGBTQ tem sido muito especial e solidária para mim ao longo da minha carreira. […] Quero celebrar e apoiar essa comunidade não importa minha identidade ou como as pessoas me rotulam. E também quero visitar uma cidade que significa muito para mim”, escreveu a artista. Vale lembrar que em 2017, um ataque a bomba atingiu a saída de uma apresentação da cantora em Manchester, deixando 22 mortos. A última vez que Ari esteve na cidade foi para um show beneficente, para arrecadar fundos e homenagear as vítimas.

“Representação LGBT é incrivelmente importante, e tenho orgulho de dividir o palco com artistas LGBT! Ao longo dos anos, eventos do orgulho gay tem sido estrelados por artistas de todas as orientações sexuais e gêneros, incluindo aliados héteros como Cher e Kylie Minogue. Eu acredito que há espaço para nós falarmos desses assuntos sem igualar uma performance *para* o público LGBT com exploração da comunidade”, adicionou ela.

Por fim, Ari concluiu dizendo que apenas deseja que seus fãs tenham um momento especial. “Não estou reivindicando ser a heroína da comunidade ou a cara do movimento dos direitos dos LGBT – eu só quero fazer um show que faça meus fãs LGBT se sentirem especiais, celebrados, e apoiados”, reforçou. “Não tenho nada a ver com os preços dos ingressos – Manchester Pride define as taxas e a maior parte delas está fora do meu controle”, comentou ela sobre a questão dos valores. Confira a publicação:

Apesar da crítica, Ariana mostrou lidar bem com a situação: “Se você realmente sente que eu não merecia receber esse convite, eu respeito isso. Mas aceitei isso com muita animação e gratidão”. Uma rainha dessas?! Nossa fada, que tem vivido o auge de seu sucesso – inclusive tornando-se a mais seguida do Instagram recentemente – sempre demonstrou bastante apoio pela comunidade LGBT, e esse parece ser mais um desses momentos para a diva pop.