Caixa que é caverna. Sabugo que é boneco. Tintas que transbordam do papel e dão asas à imaginação. Brincar é sinônimo de ser criança. É também sinônimo de descobrir, inventar, aprender e imaginar. E os pais não só podem, como devem entrar junto na brincadeira!

Pensando nisso, a Pais&Filhos propõe que vocês se desconectem de qualquer tela, seja ela do celular, do computador ou do tablet, para dedicarem um tempo exclusivo aos filhos. Mas não há motivos para se preocupar se você não souber por onde começar! Nós reunimos ideias de brincadeiras e atividades para ninguém ficar parado.

1. Teatro de fantoches

Histórias ajudam a estimular a imaginação e favorecem o mundo lúdico da criança, o que é superimportante. No teatro de fantoches, a criatividade vai comandar o espetáculo. Os atores podem ser bonecos confeccionados ou até meias customizadas. Os adultos podem começar a contar a história. Depois, as posições se invertem e os filhos inventam seus próprios enredos.

2. Desenho maluco

Separe folhas de papel, canetas coloridas, tintas, pincel e deixe a imaginação tomar conta. Ao final da atividade, vale expor as obras-primas em uma galeria de arte da família. Vocês vão concluir que a casa só tem artistas! “Desenhar com os filhos e abordar coisas relacionadas ao que eles estão vivendo no momento é muito recomendado”, indica Sheila.

Para quem quiser ir além, existe o jogo chamado Desenho Maluco. Nessa brincadeira, cada participante recebe uma folha em branco. O primeiro passo é desenhar uma cabeça no alto da folha. Depois, dobram-se os papéis e as folhas são trocadas entre os participantes. Em seguida, cada participante continua o desenho na folha que recebeu. Repetindo as instruções, as folhas são novamente trocadas. Assim, cada criança desenha uma parte, da cabeça aos pés. No fim, abra os papéis e veja os desenhos que se formaram. Com certeza, vão ficar muito divertidos, com direito a cada participante deixar a sua marca neles.

3. Mãos na massa

Quem não gosta de brincar de massinha? O melhor dela é que pode ser feita em casa. Você só vai precisar de uma xícara de sal, quatro de farinha de trigo, uma xícara e meia de água, três colheres de sopa de óleo e corantes alimentícios das cores que preferir. Depois, é só misturar tudo e, literalmente, colocar as mãos na massa!

4. Imaginação no comando

Sabe aquela caixa de papelão sem uso e jogada na dispensa de casa? Você tem um grande aliado para a diversão em família e nem sabia! Com um pouco de cor, traços e, lógico, criatividade, ela pode ser transformada em avião, carro , casa, e o que mais a imaginação permitir.

O mesmo vale para as revistas e gibis antigos. Essas folhas podem virar aviões de papel ou barcos à vela com simples dobraduras. A largada será dada e, pelos ares ou pelas águas, a família vai fazer suas apostas para os vencedores das corridas e a diversão será garantida!

5. Revirando o baú

Chegou a hora dos pais relembrarem as brincadeiras da época deles. Bolinha de gude, peteca, jogo de varetas, banco imobiliário… Segundo Raquel Luzardo, mãe de Gabriel e fonoaudióloga, as crianças tem muito interesse em saber como os pais eram quando criança. Assim, ao mesmo tempo em que os pais tem a oportunidade de ter uma lembrança gostosa da época de infância, os filhos criarão uma conexão muito forte.